segunda-feira, 20 de outubro de 2008

I Will Survive

Sabe cansaço que dá tristeza? Saudade que dá raiva? Falta de tempo que te faz chorar?... ai, tô numa bichice hoje.

Tenho que acordar às 5 horas e precisava terminar um trabalho e também responder alguns e-mails, mas não tô nem aí. Resolvi que hoje eu quero mais é que se fueda! Espero que ao longo do dia ninguém venha me fazer perguntas indiscretas,e nem venha perguntar a minha opinião sobre qualquer assunto mais delicado; não pretendo economizar sinceridade. Hoje também não vou pagar de psicóloga de ninguém. Vou é valorizar o meu momento de revolta, me fazer de vítima e me mimar por qualquer motivo.

E se você veio aqui atrás de algo leve, divertido ou interessante pode dar meia-volta-volver e retornar para o sítio de onde saiu, porque eu continuarei nessa mesma pegada até o final deste post. E também não esperem muita fluência pois eu estou escrevendo isso no calor das emoções. Putamerda!

Agora eu vou desabafar!

Meu humor anda oscilando demais, eu ando um tanto instável.
Tá, tudo bem! Eu sei que as mulheres são normalmente instáveis, mas o fato é que antes eu tinha um certo domínio sobre isso. Mas é que esse ano foi tão punk que abalou minhas estruturas. Agora eu me dei conta disso!
Sim! Cinthia também pede arrego.

E hoje eu fiquei num chororô só. Quero dizer, internamente, pois não tive tempo e nem lugar pra derrubar meia dúzia de lágrimas, coisa que faz qualquer mulher sentir muita pena de si mesma. Então apenas estampei uma cara de cu de borboleta o dia inteiro.

E agora, só de pensar que daqui a pouco terei de acordar para ficar o dia inteiro fechada com a fuça de frente para um computador ou para uma porta, já dá um bode imenso. Eu me encho absurdamente com essa rotina e nem precisa de muito tempo pra isso.
Não utilizar um quinto da minha capacidade, agüentar gente que pensa que sabe muito mais do que você, falando as mesmas e previsíveis asneiras de sempre e ouvir gracejos de cada cara nada a ver... ENCHE DEMAIS.

Chega um momento do dia que você começa a quase ter alucinações e só consegue se imaginar alçando vôo pela janela mais próxima com uma hélice saindo pelas orelhas, igual ao seu Juca da Turma da Mônica.

Hoje foi o ápice, mas isso já não é tão recente. Preciso urgentemente recarregar as baterias pois minha escassa paciência parece ter-se ido de vez.

Não tô com saco pra nada mesmo! Pra gente sem noção, egoísta, vitimista, intrometida, infantil, debochada, chata, mentirosa, prepotente.
Ah, vão todos pra putaqueopariu ou pro raio que as parta! O que for mais longe de preferência.

Não tô relevando encheção de nenhum tipo, nem as perguntas idiotas que escuto, ou a má educação do povo e nem as cantadas sem noção de qualquer zé-ruela por aí. E diga-se de passagem, às vezes é ótimo se sentir assim, agressiva; apesar dos contratempos a gente acaba resolvendo muitas situações.

Também não tô com saco pra ir pra balada, pra 'galerinha' nenhuma, e pra todo aquele lance de tentativas de relacionamento e toda a novelinha patética que envolve tudo isso.
Essa coisa chatíssima de início de relacionamento...se arrumar toda, sair, conhecer alguém, ter todo aquele começo idiota, onde todo mundo (nesse caso, as mulheres principalmente) faz um esforço incrível para parecer muito interessante. E toda aquela expectativa idiota em saber se ele gostou de você, se você não deu nenhuma brecha, se não falou muita merda e qual será a surpresa do próximo capítulo. Cansei de surpresas!

Ai, podia aparecer alguém embalado e endereçado pra gente poder pular toda essa fase e ir direto para aquela de ter de decidir apenas qual dvd vai alugar. Sem ter de também conhecer família ou tentar fazer com que o coitado entenda a sua.

Ah e eu nem sei pra que eu quero um homem também. Homem coça o saco, só pensa em sexo, olha pra bunda de qualquer baranga cabeluda, e são dissimulados quando têm um interesse (sexo, geralmente)...blá,blá,blá. E fora que daqui a pouco nem vai mais ter locadora pra ir alugar o dvd com eles, tudo perdeu o charme. Então f***se eles também!

E sim, eu sei que este post está totalmente sem sentido, mas é justamente assim que minha cabeça está trabalhando neste momento; sem sentido e sem direção.
Comecei escrevendo sobre meu dia e acabei descontando nos homens. Pois é, eu avisei!

Bem, é isso!
Se você perdeu seu tempo até agora, já pode ir embora.

Um comentário:

SER disse...

Tão bom nos permitir esses momentos. Ufá, respiro d'alma.
Descupe se lhe decepciono, mas não houve tempo perdido, e foi bem interessante, sempre é quando há conflito, seja de outro ou nosso em outros....
Tá valendo Cinthia!!!
Bom, se ainda estiver puta...tudo bem, pode mandar-me a merda!

bjs em vc