segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Desconcertada

Há uns 3 anos , mais ou menos, eu detonei minha voz de maneira espetacular. Eu participei de uma peça e também cantava, coisa de amadora, claro! Não tinha o mínimo cuidado com a voz, não tive prática de técnica vocal e ainda por cima tenho rinite e desvio de septo (que dificultavam a respiração e conseqüentemente a impostação da voz) enfim...
Daí num belo dia minha voz foi pro beleléu, devido a esses problemas que eu citei acima. Ficou muito rouca e baixa, não aquela voz rouca e sexy estilo Patti Smith, ficou algo mais pra...Carlos Vereza. Tive uma disfonia e precisei fazer tratamento fonoaudiológico, mas mesmo resolvido o problema, minha voz permaneceu definitivamente rouca.
Anteriormente, também precisei fazer fono porque eu respirava pela boca (é que essa minha parte entre o nariz e a boca é curta, o que me dá esse aspecto bicudo, super charmoso) então eu tinha que entre outras coisas tontas, dormir com uma hóstia grudada na boca pra ela fechar e eu respirar pelo nariz. O que não adiantou muito.
E eu me lembrei de tudo isso agora porque meu médico me aconselhou a fazer tratamento fonoaudiológico novamente, por um motivo muito besta. Ho ho ho, té parece!


RE- ALOCANDO CAPITAL


Nessa brincadeira toda, eu gastava em média R$250,00 reais por mês. Só para sentar numa cadeira e ficar fazendo Brrrr, Prrrrrr, Trrrrrrr, ou na melhor das hipóteses, careta prum espelho. Tudo isso eu poderia ter aprendido em uma única sessão, mas pelo menos um ano eu gastei lá (sem contar a outra vez). Com o gasto desse um ano de tratamento, eu poderia ter comprado um Note Book, ou ter feito uma super viagem, ou sei lá mais o quê.
O mesmo ocorre com psicólogas em geral. Já me aventurei por essas bandas também, só que por um período curtíssimo. Pode ser paranóia minha, mas acho uma enganação. A última que visitei só me elogiava; "Você tá agindo certo, pensando certo...tá tudo bem, você é segura, blá, blá, blá... ". Eu saia de lá quase flutuando de tão inflado que meu ego ficava. Outra vez entrou numas nóias de falar quase uma sessão inteira sobre meu gato (é, o felino)...Ah vá!
Realmente pode funcionar para algumas pessoas, mas pra mim, na buena, é total perda de tempo, poderia ter aproveitado melhor esse gasto com divertimento, o que certamente faria muito melhor pro meu espírito.

Devo dizer que foi uma maneira bastante explícita de ver meu(?) dinheiro voar de minhas mãos sem nenhum retorno assim...espetacular.


Aliás, quem precisa de psicanalista quando pode-se ter um blog?

Um comentário:

Pra mim é tudo isso mesmo, quase nada... disse...

Verdade....eu tbem nau entendo qual a função do pscicologo, afinal, ele naum te aconselha, naum te chama pra realidade..naum faz avaliação, naum te julga...enfim...
Ele serve apenas pra te ouvir...deixar vc falar, falar, repetir, ate encontrar os pontos criticos, ou ver q na verdade seu problema eh pequeno...mas pra quem tem amigos, essa escolha eh desmecessaria, pois pode descubrir isso, quando um amigo estiver te ouvindo..ou pode compra um gravador e desabafar....depois vc escuta tudo e ve o q tah pegando..
pode ainda fazer yoga, meditação..ou mudar a sua alimentação..afinal, vc eh o q vc come, e se vc soh come besteiras, sua vida vai ser algo parecido...

Fono, psci e esse povo todo gosta eh de ganhar dinhiero....mas tem hora na sua vida q nem de graça vc se acha...e pagando..eh como se vc estivec se livrando dos seus lixos..pagando pro lixeiro levar seus entulhos emocionais...

eh isso...concordo com vc!
bjo